Reconhecimento aos empresários da construção de Guimarães

Reconhecimento aos empresários da construção de Guimarães
 

DECLARAÇÃO DE INTERESSES

Trabalho com o sector há muitos anos, em Portugal e no Estrangeiro. Sou responsável pela imagem, comunicação e internacionalização de muitas empresas bem conhecidas.

Manuel Couto Alves, empresário de Guimarães, tem sido referido nas notícias por questões pessoas e até já me vieram fazer perguntas sobre o caso. Eu não tenho nada com a sua vida pessoal e acho que ninguém devia ter. Para mim é uma não notícia.

Já que meios de comunicação credíveis estão a dar destaque ao caso, pelo menos poderiam informar-se e informar quem lê sobre a pessoa em causa, em vez de replicarem preconceitos e banalidades.

Falo sobre o sector da construção com conhecimento de causa e porque os bons exemplos devem ser conhecidos. Muitos têm preconceitos acerca dos empresários da construção e lembram-se dos maus exemplos (que os há) mas esquecem-se que o sector foi dos mais castigados pela crise e é onde encontramos os melhores exemplos de empreendedorismo.

 

SOBRE O GRUPO MCA (Manuel Couto Alves)

De Guimarães, o seu crescimento foi exponencial na última década. Há 11 anos atrás, por esta altura estava Manuel Couto Alves em Angola a preparar o arranque da primeira obra neste país.

Sendo uma empresa mais pequena e recente, a estratégia de crescimento da MCA foi com base no Dinamismo, Inovação e Identidade, que ao lado da Credibilidade, Profissionalismo e Rigor ainda hoje são os valores da empresa.

Quem conhece Manuel Couto Alves sabe que é um empresário moderno, um incansável trabalhador, uma pessoa que procura fazer mais e melhor.

Este dinamismo e capacidade estão bem patentes na assinatura da empresa “ir mais além…”. E foi. Foi muito mais além e conquistou mercados importantes. Soube aproveitar oportunidades e soube manter uma identidade de sucesso obra após obra.

Conheço muito bem os desafios e dificuldades de todos os que abraçam um processo de internacionalização. Há muitos sacrifícios pessoais, há avanços e recuos, há que aprender muito em pouco tempo, há que ter uma personalidade forte.

 

ACABAR COM OS PRECONCEITOS

No sector da construção dá-se formação aos trabalhadores, as empresas são organizadas e certificadas, existe responsabilidade social e preocupação ambiental, faz-se investigação e desenvolvimento e têm-se uma cultura baseada na produtividade e mérito.

No caso da MCA, e de muitas outras empresas, o sucesso é mérito das pessoas que lutam por ele.

 

Por José Villa Cardoso // LINKEDIN

Testemunhos

“ADSO= Inovação e Competência. Mais que um fornecedor de serviços são parceiros estratégicos.” Filipe Silva – FAFstone

“Pela seriedade, profissionalismo e empenho! Sabe "vestir" a nossa camisola!” António Ressurreição

Newsletter
 

Comentar

Enter the word

Contacte-nos

Enter the word

Links directos


 
classificado em: , , ,
Top