Conheça os 9 buracos do campo Pitch&Putt do Clube Golfe Braga

Conheça os 9 buracos do campo Pitch&Putt do Clube Golfe Braga
 

O novo campo Pitch&Putt do Clube Golfe Braga (CGB) é ideal para os golfistas que pretendem aprimorar o jogo curto.

Fique a conhecer algumas características dos 9 buracos para aperfeiçoar o jogo.

 

 

BURACO 1 - A PIOR SAÍDA

O Buraco 1 tem a saída mais difícil. Qual a melhor tacada para conseguir colocar a bola no green ou colocar a bola numa posição favorável para acabar o jogo na terceira tacada?

Existem diversos obstáculos que entram em jogo na saída. À direita existem 3 cedros cuja trajetória pode alterar a direção da bola. É uma zona out-off-bounds, ou seja, se a bola cair ali perde-se uma pancada. Em frente ao green temos um muro. Se a bola passar muito o buraco, pode encostar ao muro e temos uma penalidade. À esquerda, o buraco até é relativamente aberto mas tem uma relva densa. O ideal é que a bola voe e aterre mesmo no centro do green. Não é preciso um swing muito forte, basta um meio swing, são 70m.

 

BURACO 2 - APROXIMAÇÃO AO BURACO

No buraco 2 muitos jogadores erram o green pela sua dificuldade. Como se recomenda que jogue?

É um buraco curto, com 50m, mas difícil. Os jogadores tendem a passar o buraco por ter a regueira antes, um obstáculo de água frontal e estacas amarelas. À direita também é difícil porque tem um bunker de relva e à esquerda tem uns arbustos. O ideal é jogar para o green. Caso não se consiga, tacar curto porque um chip a subir é sempre mais fácil do que um chip muito comprido e em zona sem relva.

 

BURACO 3 - ABAIXO DO PAR

O buraco 3 é o mais fácil para fazer uma pontuação abaixo do par. Porque é o buraco mais fácil e quais são as melhores jogadas para ter um chip e um putt fácil?

O buraco 3 é relativamente acessível em relação aos outros. É plano, o green não é tão elevado como os outros do campo. Não tem muitos obstáculos. Tem à esquerda um bunker relativamente afastado. O green é relativamente plano e é um buraco fácil de se conseguir um birdie, tanto pelo putt como pelo chip. A colocação da bola na primeira pancada é muito importante.

 

 

BURACO 4 - O GREEN MAIS ACENTUADO

O buraco 4 é o que possui o green com maior grau de altura. Se o jogador não conseguir colocar a bola no green, como deverá jogar na última tacada?

É um buraco difícil porque é o green mais elevado do campo e o mais pequeno. Requer uma pancada alta em que a bola caia direta no green. Não é fácil e geralmente quando a bola cai à volta do green temos que fazer um novo wedge.

 

BURACO 5 - O PROBLEMA DO BUNKER

Estamos no Buraco 5 que possui um bunker. Qual a melhor técnica para fazer uma boa tacada do bunker para o green?

O buraco 5 é relativamente fácil. Tem, no entanto, um obstáculo sobre a esquerda do green quem sai do tee. Não se trata de um buraco muito difícil mas como é um obstáculo temos sempre certos cuidados. Geralmente colocamos os pés ligeiramente apontados à esquerda do alvo, ajusta-se os pés à areia, o taco nunca toca na areia por ser um obstáculo, apenas no impacto, e o movimento é para a bandeira. O jogador deve no fim reparar o bunker, como é seu dever.

 

BURACO 6 - JOGAR AO BURACO

Como recomenda que se deva jogar o buraco 6?

Neste e como em todos os buracos de golfe, deve-se pensar a pancada do green para o tee. A bola deve ser colocada o melhor possível na tacada de saída para fazer um bom resultado. Neste buraco 6, o ideal é pensar em colocar a bola um bocadinho curta ao buraco caso não se atinja o green. Daí ser um movimento mais curto que o normal. Também é um buraco mais curto que os outros, tem cerca de 50 metros, por isso é muito acessível em jogar a bola.

 

BURACO 7 - A MELHOR SAÍDA

Este buraco 7 é o que tem a saída mais fácil, apesar disso muitos jogadores não têm a melhor saída porque não fazem a tacada com o movimento correto. Qual o movimento correto numa tacada de saída?

Temos um buraco com 60m, uma distância relativamente média. A melhor saída será sempre apontar ao meio do green. Se a bola sair à esquerda está fora dos limites, tem vedação. Caso saia à direita, tem uma ligeira regueira de água, ou seja estacas amarelas, um obstáculo de água frontal. O ideal é apontar sempre para o meio do green e nunca jogar para a bandeira.

 

 

BURACO 8 – O BURACO MAIS FÁCIL

O buraco 8 é o buraco mais fácil. Vamos aproveitar e explicar um pouco das regras do jogo e do vocabulário mais técnico.

O P&P tem duas regras diferentes do golfe tradicional. Só é permitido usar 3 ferros, enquanto no golfe tradicional o normal são usar 14 ou no máximo até 14. Depois é obrigatório o uso sempre do tee em qualquer situação, seja no tee de relva sintética ou no tee de relva natural.

Existem também regras específicas que cada jogador deve cumprir a nível de etiqueta. Quando uma bola cai no green e faz uma marca o próprio jogador deve reparar a marca. Em 1º lugar, marca a bola com uma moeda, sempre atrás, tira a bola, e recupera o green. Em seguida volta a colocar a bola em jogo. Quando se está num bunker, deve-se sempre reparar.

No golfe, existem dois tipos de bolas, as drive in range e as normais. As primeiras só podem ser jogadas na zona de treino. As bolas marcadas ou bolas de marca são permitidas jogar.

Nas estacas amarelas, o jogador tem de colocar sempre a bola atrás do obstáculo, ou seja, deve encontrar sempre o obstáculo pela frente. Ao contrário das estacas vermelhas que são dois tacos para o lado. Também encontramos estacas azuis que significam terreno em reparação. Neste caso, o jogador tem direito a uma benesse, dropar a bola sem penalidade.

Outro ponto importante a ter em consideração é a segurança. Nunca se deve jogar para cima de outros jogadores e nunca se devem fazer formações de mais de 4 jogadores para evitar um jogo lento. O jogo deve fluir normalmente.

 

BURACO 9 – MAIS LONGO

O Buraco 9 é o buraco mais longo do campo do CGB. Requer algum cuidado em especial?

É o mais longo e difícil do campo. É percetível a regueira antes do green, o out-of-bounds à direita, o out-of-bounds frontal ao green. Uma das coisas que o jogador não tem muita perceção é o vento. Este buraco é muito influenciado por um vento lateral que sopra da esquerda para a direita, ou seja, empurra a bola para fora dos limites. Um jogador deve ter atenção e jogar ligeiramente para a esquerda do buraco.

 

 


RECURSOS GOLFE


>> Email Geral
inscrições, informações para ser sócio, etc

>> Email para Academia CGB – aulas grátis até aos 18 anos

>> Telefones +351 253 274 434 (geral) e +351 968 078 655 (academia)

>> Dossiê apresentação CGB (PDF)

>> Facebook Clube Golfe Braga www.facebook.com/clubegolfebraga.eu

>> Localização Clube Golfe Braga - Google Maps


>> Outras notícias sobre Golfe - http://adso.pt/golfe

>> ADSO Linkedin Golfe – showcase page

 

A ADSO E O GOLFE

A ADSO é a agência responsável pela comunicação do Clube Golfe Braga (CGB). Neste trabalho unimos a nossa paixão pelo desporto ao nosso amor pela comunicação. Juntamos aquilo de que gostamos com aquilo que melhor sabemos fazer.

O CGB é um dos mais antigos e conceituados a nível nacional tendo acumulado vários títulos nacionais e regionais, individuais e colectivos.

Conta com o apoio de grandes marcas e empresas como os sponsors LEXUS, PLAYVEST e ENGIMOV e os patrocinadores TOPOS ARQUITECTURA, SICI93, SOCICORREIA, ERA BRAGA, AGMONTEIRO, ADSO, GROUPAMA, TRIALARMES, LABORATÓRIO SÃO LÁZARO, ENERSIE, CARAVELA, AMPHORA, MIGAITAS, FÉLIX TABERNA, QUINTA DE LUBAZIM, MELIÃ BRAGA, KANKURA GOLF, MONCHIQUE, BORDADOS ANJOS, MARQUES CARVALHO ÓPTICA, HERBALIFE, F3M.

Carregal – Palmeira
Apartado 2084
4701-901 Braga - Portugal

+351 253 274 434
+351 968 078 655

info@clubegolfebraga.com
www.clubegolfebraga.com
www.facebook.com/clubegolfebraga.eu

 

Testemunhos

“ADSO= Inovação e Competência. Mais que um fornecedor de serviços são parceiros estratégicos.” Filipe Silva – FAFstone

“Pela seriedade, profissionalismo e empenho! Sabe "vestir" a nossa camisola!” António Ressurreição

 

Comentar

Enter the word

Contacte-nos

Enter the word

Links directos


 
classificado em: , ,
Top